Sophia Loren: Os 4 melhores filmes da atriz, ícone do cinema italiano [LISTA]

Atriz icônica do cinema italiano, Sophia Loren participou de mais de 100 filmes – e completou 87 anos nesta segunda, 20

VITÓRIA CAMPOS (SOB SUPERVISÃO DE YOLANDA REIS) PUBLICADO EM 20/09/2021, ÀS 17H37

None
Sophia Loren (Foto: Allan Warren / Wikimedia Commons)

Atriz e cantora italiana, Sophia Loren participou de mais de 100 filmes ao longo de 50 anos de carreira e ficou conhecida pela parceria com o diretor italiano Vittorio De Sica. Uma das figuras mais icônicas do cinema mundial, a artista completou 87 anos nesta segunda, 20 de setembro. 

Loren tem uma carreira premiada – vencendo duas estatuetas do Oscar: uma de Melhor Atriz por Duas Mulheres(1960) e um Oscar Honorário pelas contribuições para o cinema italiano e estadunidense. 

Para comemorar o aniversário de Sophia Loren, confira os quatro melhores filmes da atriz, segundo nota e sinopse do Rotten Tomatoes:


Um Dia Muito Especial (1977) – 100%

“Em Roma, o apoiador fascista Emanuele (John Vernon) participa de um desfile comemorativo do encontro histórico de Adolf Hitler com o líder italiano Benito Mussolini, deixando sua esposa, Antonietta (Sophia Loren), para cuidar dos deveres domésticos.”

Antonietta encontra um homem, Gabriele (Marcello Mastroianni), que parece surpreendentemente perplexo com o evento político. Ao longo do dia, os dois estabelecem uma amizade próxima que mudará para sempre suas percepções sobre a vida, o amor e a política.”

A Queda do Império Romano (1964) – 100% 

“Perto do final de seu reinado, o imperador romano Marco Aurélio (Alec Guinness) pretende entregar seu trono ao inabalável soldado Livius (Stephen Boyd). Antes que ele possa cumprir suas intenções, Cômodo (Christopher Plummer), o herdeiro de fato, envenena AurélioCômodo se torna um líder ineficaz, corrupto e pomposo – e embora Livius conceda ao governo de Cômodo, ele não pode ficar parado quando ameaçam matar a filha de AurélioLucila (Sophia Loren).”

Rosa e Momo (2020) – 92% 

Em Rosa e MomoLoren interpreta Madame Rosa, uma idosa “sobrevivente do Holocausto que estabelece um vínculo com uma jovem imigrante do Senegal que recentemente a roubou.”

El Cid (1961) – 92%

“A Espanha é invadida pelos mouros e a única esperança do país reside em um cavaleiro heroico conhecido como El Cid (Charlton Heston). Ele sabe que uma Espanha dividida não pode resistir e implora a seus compatriotas que se unam para repelir os invasores.”

“Contudo, um obstáculo se desenvolve na campanha de El Cid: ele é exilado de sua terra natal, Castela, pelo governante sedento de poder da região. Ele tenta se reunir com sua ex-esposa, Jimena (Sophia Loren) – que ainda está chateada pelo fato de ele ter matado seu pai.”


Deja una respuesta

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.